Economia

“Agricultura irrigada gera disputa por água na Bahia”.

Cultura&Realidade - 04 de Janeiro de 2020

file-2020-01-04221059.935039-13c0d7c12-2f58-11ea-b070-f23c917a2cda.jpg

Pivôs de até 1,5km funcionam a todo vapor em Luis Eduardo Foto: Raul Spinassé/Folhapress

Leitura obrigatória para todos os atores envolvidos em gestão e uso das águas no Território de Irecê

Da Redação/João Gonçalves

A manchete acima é de uma importante reportagem da jornalista Nicola Pampona foi publicada na edição deste sábado, 4, no site do jornal Folha de São Paulo. A matéria trás a evolução do agronegócio na região do Matopiba (recortes territoriais dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) especialmente na região Oeste da Bahia, destacando as áreas irrigadas de Luis Eduardo Magalhães e Barreiras.

A matéria retrata o desenvolvimento econômico, expondo indicadores astronômicos do crescimento das áreas e equipamentos utilizados nas atividades produtivas, com significativo uso de recursos hídricos, motivo de conflitos que se arrastam há alguns anos, com intervenção do Ministério Público Estadual, através da Promotoria Especializada em Meio Ambiente, coordenada pela Promotora Luciana Khoury.

A promotoria tem investido desde 2015, na expectativa de suspender as emissões de outorgas pelo Inema – Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado da Bahia, enquanto não for implantado um Plano de Gestão, fruto de estudos atualizados, considerando as capacidades dos aquíferos e os impactos dos diversos usos.

Vale a pena a leitura. A matéria está disponível no link abaixo:

https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/01/agricultura-irrigada-gera-disputa-por-agua-na-bahia.shtml