file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Audiência Pública vai discutir PL do Veneno com os baianos na Assembleia Legislativa

29 de Julho de 2018 (atualizado 29/Jul/2018 14h29)

file-2018-07-29115214.945361-venenofb60bb90-933e-11e8-be7f-f23c917a2cda.jpg

Uso de veneno na agricultura brasileira é considerada abusiva - Foto: Ilustração

Evento aberto acontece nesta quarta, na Assembleia Legislativa da Bahia

Por Nilma Gonçalves 

O Fórum Baiano de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e a Frente Parlamentar Ambientalista realizam, na quarta-feira (01 de agosto), às 14h, na Assembleia Legislativa da Bahia (CAB), uma Audiência Pública com o tema O PL do Veneno e o Desmonte da Legislação de Agrotóxicos. O objetivo do evento é discutir estratégias para barrar o Projeto de Lei 6299/02, que visa atualizar a lei dos agrotóxicos, de 1989, e afrouxar regras de controle dos produtos no país, além de mudar o termo 'agrotóxico' para 'defensivo fitossanitário'. A proposta é do atual ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, do PP.

Diversas instituições já se colocaram contra a aprovação do PL 6299/2002: Inca, Fiocruz, Ministério Público Federal (MPF), Ibama e Anvisa são apenas alguns exemplos. Alguns artistas e celebridades também abraçaram a causa, como as apresentadoras Bela Gil (GNT) e Paola Carosella (Band). 

Para a coordenadora do Fórum Baiano de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos, esta deve ser mesmo uma preocupação de todos. "É muito importante termos a participação da sociedade civil, das universidades, dos órgãos públicos, para que possam ter contato com mais informações sobre o PL do Veneno", afirma Luciana Khoury, que é promotora de Justiça e Meio Ambiente. "Nesta oportunidade serão articuladas medidas para enfrentamento do tema", garante.

Jornalista DRT/BA 2450