file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Economia

Banco do Nordeste em Irecê, acelera campanha para renegociação das dívidas agrícolas

Cultura&Realidade - 08 de Outubro de 2017

file-2017-10-08180631.441745-bnb8f0b5414-ac6c-11e7-97a4-f23c917a2cda.jpg

Agricultores terão descontos de até 95% dos valor das suas dívidas - Foto: Reprodução/Sérgio Ranalli - Globo Rural

Intensificando os esforços para regularização de dívidas rurais com os produtores baianos, o Banco do Nordeste vem promovendo desde o dia 22 de setembro, semanas de mobilização nas quais agentes da instituição vão até as comunidades, levando boletos para liquidação ou renegociação das dívidas. A estratégia vai até dezembro e o objetivo é facilitar o acesso dos produtores inadimplentes aos benefícios da Lei 13.340, regulamentada em dezembro de 2016, que oferece o maior desconto para liquidação já concedido para o setor rural. Em alguns casos vai até a 95% de desconto.

Para o agente de desenvolvimento da agência de Irecê, Antonio Carlos Almeida (Toni), esta é uma excelente oportunidade para liquidação dos débitos e regularização dos produtores. “Estamos em ritmo acelerado, visando estabelecer condições para que os produtores não percam esta oportunidade. Com apoio dos prefeitos, estamos criando os fundos municipais que vão facilitar os pagamentos e ou renegociações, a exemplo de Irecê que já encaminhou projeto à Câmara para criar o fundo”, salienta Toni, afirmando que as atividades serão desenvolvidas em todos os municípios, priorizando os que estão com o fundo estabelecido.

Nas semanas de mobilização, o Banco contará com o apoio de parceiros como a Federação Baiana da Agricultura (Faeb), Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR), através da Bahiater, Sindicatos Rurais, Federações, Setafs, Semafs e Secretarias Municipais. Estes agentes darão suporte nas ações de distribuição dos boletos nas comunidades, contribuindo desta forma para ampliar a capilaridade da ação. No mês de setembro, a campanha foi realizada entre os dias 18 e 22, e alcançou a maioria dos municípios do estado.

A lei de regularização contempla operações de crédito contratadas até 2011, com descontos para liquidação de até 95%. O Banco do Nordeste é a única instituição operadora do Pronaf que oferece aos produtores tanto a possibilidade de liquidação quanto de renegociação da dívida.

Vantagens

As vantagens incluem a concessão de descontos para liquidação ou a concessão de novo prazo para amortização com vencimento da primeira parcela somente em 2021 e da última parcela até 2030.

Com a liquidação, haverá a liberação das garantias reais (hipoteca, alienação, penhor) e aval existentes. Além disso, com a quitação da dívida, o produtor poderá voltar a investir na sua propriedade, já que não haverá comprometimento da sua receita para pagamento de prestações de financiamento. O cliente também volta a ter crédito na Praça.

Além das visitas dos agentes do Banco e seus parceiros nas semanas de mobilização, os produtores rurais interessados em liquidar ou repactuar suas dívidas podem procurar as agências do Banco do Nordeste até o dia 29 de dezembro deste ano.

Redação, com informações da Ascom/BNB