POLÍTICA

Bolsonaro foi eleito por conta da prisão política e ajuda de suposta facada, diz Lula

Cultura&Realidade - 30 de Agosto de 2019

file-2019-08-30114139.649528-lulindo46b4e084-cb34-11e9-b6ac-f23c917a2cda.jpg

Entrevista a BBC, Ex-presidente Lula - Foto: Ilustração

O ex-presidente Lula falou sobre a Lava Jato, a conjuntura política nacional, a crise na Amazônia e também sobre temas como a "facada" em Jair Bolsonaro na disputa presidencial de 2018 em entrevista concedida a BBC.

“O que está acontecendo agora, uma parte das queimadas, é proposital. Já saiu na imprensa que o Ministério Público do Pará avisou ao Ibama com três dias de antecedência que por zap (WhatsApp) os fazendeiros estavam preparando o Dia do Fogo. E não foi tomada nenhuma atitude. Eu queria te lembrar uma coisa, pega os discursos do Bolsonaro e do governo dele, eles acham que têm que acabar com terra indígena, acabar com terra de quilombo, que tem que acabar com reserva (florestal). É um absurdo", disse ele, sobre a Amazônia.

Lula também deixou claro que Bolsonaro não foi propriamente uma escolha do povo brasileiro. "Eu acho que essa história está mal contada. Primeiro, o Bolsonaro foi eleito porque esse que vos fala foi impedido de ser candidato. O grande cabo eleitoral do Bolsonaro foi a minha condenação, e a decisão da Justiça Eleitoral (impedindo a candidatura de Lula por causa da Lei da Ficha Limpa). Segundo, uma parte dos votos (do Bolsonaro) você sabe que foi à base do fake news, da maior campanha de mentira já conhecida no Brasil. Eu não sei por que (não fez), mas eu acho que o PT deveria ter feito uma briga para exigir uma apuração correta sobre a questão do fake news. O PT aceitou o resultado", afirmou.

Sobre a facada em Jair Bolsonaro, Lula se mostrou cético. "Mas você garante a mim o direito da dúvida? Veja, eu tenho suspeitas (de que não ocorreu). Agora, se aconteceu, aconteceu.”

Com conteúdo do Brasil247