Irecê e Região

Caso Rafaela: corpo é encontrado no antigo lixão de Irecê e autores estão foragidos

Cultura&Realidade - 29 de Novembro de 2019 (atualizado 30/Nov/2019 08h05)

file-2019-11-29151943.420171-Sem_titulo-1d0d54096-12d4-11ea-9158-f23c917a2cda.jpg

Agentes da Polícia Civil e da Perícia Técnica estão no local, recolhendo o corpo que será encaminhado para o Instituto Médico Legal de Irecê. - Foto: Ilustração

A redação recebeu informações, neste momento, que o corpo da jovem Rafaela Gomes, assassinada, segundo a polícia por Eriton Dias, o “Rato”, acabou de ser localizado no antigo lixão de Irecê, na estrada que vai para a comunidade de Umbuzeiro. 
As informações dão conta de que um sujeito de pré nome “Ramom” indicou a localização do corpo. Há fortes indicativos de que o “Ramon” tenha participado do assassinato e ajudado na ocultação do cadáver.


Agentes da Polícia Civil e da Perícia Técnica estão no local, recolhendo o corpo que será encaminhado para o Instituto Médico Legal de Irecê.


De acordo com as apurações da polícia, que diga-se da passagem dá uma demonstração de eficiência e rapidez na solução deste caso, a jovem Rafaela teve sua morte encomendada pelo fisioterapeuta Alfredo Matos, que após confessar o crime ao Delegado Geraldo Vila Boim, da Delegacia de Lapão, evadiu-se da zona do crime, segundo informações, por receio de linchamento, dado à revolta manifestada por amigos e familiares da vítima. Agentes da Polícia Civil informaram que familiares e advogado do fisiterapeuta manifestaram que o mesmo deverá se apresentar a qualquer momento.
O Eriton Dias também se encontra foragido, segundo apurou a redação junto à Delegacia de Polícia.

 

Da Redação.