file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Bahia

Em Ipupiara, programa promove melhor interação familiar, reduzindo crise social doméstica

João Gonçalves - 03 de Novembro de 2018

file-2018-11-03172903.316996-pis1a93465e-dfa7-11e8-8738-f23c917a2cda.jpg

Equipe de atividades do PIS-Ipupiara e Tainara, beneficiária do acompanhamento - Fotos: Ascom/Ipupiara

 

“Posso dizer que minha vida mudou com o Criança Feliz. Minha filha Ana Vitória gosta muito das brincadeiras e sou bem orientada  pela visitadora Kely”, diz Tainara Souza Pinto, que se encontra em sua segunda gestação, sobre o programa que Prefeitura de Ipupiara, através da Secretaria de Assistência Social, vem desenvolvendo junto às crianças de 0 a 6 anos, atendendo 100 famílias, e que está fazendo toda a diferença no desenvolvimento social dos núcleos familiares.

Através do PIS-Ipupiara, uma equipe de profissionais formada por Mislene Novais (Coordenadora) e as visitadoras Kely, Heime, Joseane, Naiara e Viviane realiza desde o ano passado, visitas nos domicílios, diagnosticando e interagindo sobre as relações familiares e as condições de vida dos membros das famílias atendidas, resultando em melhor fluxo de acesso às políticas públicas previstas pelo SUAS – Sistema Único de Assistência Social, do Ministério do Desenvolvimento Social, bem como ao sistema de educação local e dos serviços de saúde.

Mas as visitas não se prendem apenas aos aspectos diagnósticos e intervenções positivas, que melhoram as relações interpessoais dos núcleos familiares e o acesso às políticas públicas.

Especialmente para as famílias que se apresentam com sinais de desestrutura, o programa realiza também atividades lúdicas com as crianças, envolvendo irmãos e outros membros familiares, prevenindo conflitos e promovendo atitudes interativas, estabelecendo um convívio familiar e comunitário e identitário que resulta em bem-estar social.

“O programa nos faz envolver com as famílias. As crianças, de um modo especial, nos conduz ao mundo de constantes descobertas. Cada família tem uma história de luta e superação que nos emociona. O trabalho desenvolvido através do PIS/SUAS/Ipupiara tem nos permitido a contribuir com uma melhor relação entre os familiares e destes com a comunidade do seu entorno, o que é muito gratificante”, diz Mislene Novais.