Bahia

Embasa vai abrir novo concurso com mais de 800 vagas

Cultura&Realidade - 23 de Abril de 2019 (atualizado 23/Abr/2019 20h54)

file-2019-04-23191922.038162-CONTA-DE-AGUA-Justica-determina-que-Embasa-cobre-apenas-pelo-valor-consumidod889db6a-6615-11e9-bab9-f23c917a2cda.jpg

Embasa vai lançar edital para concurso Foto: Divulgação

A Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento publicou resolução autorizando a realização de um novo certame para preencher 854 vagas na Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa.

Não foram divulgados os cargos que serão contemplados nesse novo certame, mas em contato com a Embasa foram passadas algumas informações.

A expectativa é que sejam ofertados os mesmos cargos do certame passado, realizado em 2017 pelo IBFC.

Nível Superior – Analista de Saneamento

  • Analista de Tecnologia da Informação (Desenvolvimento)
  • Contador/Analista de Gestão (Ciências Contábeis)
  • Engenheiro (Engenharia Civil/Produção Civil)
  • Engenheiro (Engenharia Sanitária/Sanitária Ambiental)
  • Engenheiro (Engenharia Elétrica)

Nível Médio

  • Agente Administrativo
  • Agente Operacional
  • Assistente de Laboratório
  • Operador de Processos de Água e Esgoto

Nível Técnico

  • Técnico Operacional (Edificações)
  • Técnico em Eletromecânica

Confira abaixo a Resolução:

A remuneração, na data do edital anterior (2017), variava entre R$1.551,76 e R$ 6.793,31, a depender do cargo e nível de escolaridade.

A Embasa

A Embasa é uma sociedade de economia mista de capital autorizado, pessoa jurídica de direito privado, tendo como acionista majoritário o Governo do Estado da Bahia.

É responsável, nos municípios onde atua, pela prestação dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário, compreendendo a captação, tratamento e distribuição de água, bem como a coleta, transporte, tratamento e destinação adequada dos esgotos domésticos.

Foi criada em 11 de maio de 1971 pela Lei Estadual 2.929 e incorporou, em 1975, como subsidiárias, as companhias até então responsáveis pela prestação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Salvador e do interior do estado, as extintas Comae e Coseb.

A administração desta empresa de grande porte segue o princípio da descentralização geográfica. A presença da Embasa, , acontece por meio de 19 unidades regionais (URs), sendo seis na região metropolitana de Salvador e 13 no interior, além de vários escritórios locais nos municípios do interior. 

Da redação, com informações da ASCOM/EMBASA