file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

Fiscalização eletrônica de trânsito chega a Irecê com promessa de disciplinar motoristas

João Gonçalves - 08 de Agosto de 2018

file-2018-08-08152312.426384-radares1bf48188-9b38-11e8-8738-f23c917a2cda.jpg

Primeiros radares sendo instalados na Av. Edvaldo Santos Lopes - Foto:Ascom/PMI

A Superintendência de Trânsito e Mobilidade (STM) de Irecê está instalando radares fixos para a fiscalização de velocidade em vias de grande movimento do município. A ação faz parte do trabalho de organização e monitoramento do trânsito que a STM está promovendo de forma estratégica, com foco no aumento da segurança para pedestres e condutores. Sinalização específica de fiscalização eletrônica e limites de velocidade permitidos também fazem parte da implementação.

Os radares foram instalados primeiramente nas Avenidas Santos Lopes, 1º de Janeiro e Raimundo Bonfim, e vão funcionar em caráter educativo por 60 dias, para induzir os condutores a respeitarem os limites de velocidade sinalizados não só nas vias que possuem radares, mas em todas as ruas e avenidas do município. O sistema será operado pela empresa TIVIC, que atua em várias cidades de médio e grande porte no interior do estado, como Teixeira de Freitas, Serrinha, Barreiras e Ilhéus.

“A implantação dos radares tem o intuito de coibir os excessos de velocidade, evitando acidentes e protegendo vidas. Os quebra-molas são equipamentos ultrapassados para controlar velocidade em vias de trânsito rápido e obrigam os condutores a reduzir a velocidade a quase zero para vencer o obstáculo físico. Enquanto isso os radares são mais eficientes nesse controle e ainda cumprem papel fiscalizador, punindo apenas quem excede o limite de velocidade da via”, explica o superintendente municipal de trânsito, Ronaldo Miron.

Fonte: Ascom/PMI