Bahia

Ipupiara: prefeito recorre de decisão do TRF 1, uma vez que Tribunal de Contas aprovou as contas do exercício 2004

Cultura&Realidade - 02 de Agosto de 2019

file-2019-08-02100238.203729-ipucdc339b0-b525-11e9-b6ac-f23c917a2cda.jpg

Prefeitura de Ipupiara, Chapada/Oeste da Bahia - Foto:Waldson Alves

O advogado Jurandy Alcantara Filho, da assessoria jurídica de Ipupiara, afirmou nesta quinta-feira, 1, que o prefeito Ascir Leite vai recorrer da decisão do Tribunal Regional Federal 1, que suspendeu os direitos políticos do prefeito por 3 anos, por improbidade administrativa.

Em nota, o jurídico salienta que o tema em questão “é  relacionado ao exercício financeiro de 2004, já superado pelo Tribunal de Contas dos Municípios, que acolheu os esclarecimentos do prefeito e aprovou as contas, que naquela oportunidade foi arquivada, e reforça que este processo também o será, quando chegar ao final”, completou.
Ainda na nota de esclarecimento, a assessoria jurídica do prefeito disse que enquanto o processo não estiver com a sentença transitada e julgada, “podemos garantir que o prefeito Ascir continua nas suas atividades normais, portanto, é mentirosa a afirmação de cassação do prefeito”, completou.

Redação, com informes da Ascom/PMI