Irecê e Região

Justiça determina 120 dias para realização de concurso público em Presidente Dutra

Cultura&Realidade - 23 de Novembro de 2019

file-2019-11-23082637.893205-dUTRA1d074fc2-0de4-11ea-955b-f23c917a2cda.jpg

Ainda conforme a sentença, a prefeitura está proibida de admitir qualquer trabalhador através de contrato, sendo necessário a realização de processo seletivo. - Foto: Ilustração

 

Uma decisão da Justiça determinou que o município de Presidente Dutra, na região de Irecê, deve iniciar, no prazo de até 120 dias, a realização de concurso público. A medida, de acordo com informações da decisão da última segunda-feira (18), ocorre depois de 17 anos sem a realização processo seletivo.

Segundo o Ministério Público do Estado da Bahia, o município de Presidente Dutra ainda mantém, em seu quadro de pessoal, trezentos e noventa e quatro servidores temporários sem nenhum processo seletivo, seja simplificado ou concurso público. Ainda conforme o MP-BA, foi firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) a fim sanar irregularidades na contratação de servidores temporários com a realização de concurso público para provimento de cargos efetivos, mas o TAC foi descumprido. 

A decisão foi deferida pela juíza Andréa Neves Cerqueira, da 1ª Vara Cível de Irecê. Foi dado também o prazo de 60 dias para realização de processo seletivo para contratação de pessoal para a área da saúde.
Ainda conforme a sentença, a prefeitura está proibida de admitir qualquer trabalhador através de contrato, sendo necessário a realização de processo seletivo. A decisão cabe recurso.

Da Redação, com informações do Central Notícia