file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Irecê e Região

Mirorós recebe R$ 500 mil em investimentos da Codevasf, que anuncia mais recursos

Cultura&Realidade - 01 de Fevereiro de 2018

file-2018-02-01082242.337731-jovino37fd3c24-0742-11e8-a49a-f23c917a2cda.jpg

Perímetro Irrigado de Mirorós ganha investimentos e o pecuarista Jovino Barreto, no destaque, avalia positivamente - Fotos: ilustração

 
A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) investiu cerca de R$ 500 mil na compra de equipamentos que vão beneficiar os agricultores do distrito do Projeto Público de Irrigação Mirorós, no município de Ibipeba, no Médio São Francisco baiano. Entre os itens estão uma roçadeira hidráulica, uma retroescavadeira e um trator com implemento, além de cinco condicionadores de ar para as estações de bombeamento do projeto de irrigação.
 
“Vocês vão ver como a roçadeira hidráulica vai facilitar o trabalho de manutenção do perímetro, principalmente dos canais e das estradas. As outras máquinas também terão enorme serventia para Mirorós. Além dos equipamentos, os investimentos realizados pela Codevasf para pagar a vigilância e as contas de energia do perímetro reforçam o apoio da Companhia aos produtores locais”, disse o superintendente regional da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA), Harley Nascimento.
 
O pecuarista e ex-prefeito de Ibipeba, Jovino Barreto, destacou a atuação da Companhia na região. “A Codevasf é uma baita irmã para o município de Ibipeba. Sempre presente, e está trazendo máquinas importantes para o município e, principalmente, para o Distrito de Mirorós. Não temos palavras para agradecer. Nós temos um orgulho muito grande de receber a Codevasf em nossa região”, afirmou.
 
Novos investimentos
 
O superintendente regional também anunciou os próximos investimentos em Mirorós, como a aquisição de motores elétricos para o projeto; de soft-starter para motores das estações de bombeamento; de medidores de vazão ultrassônico; de medidores de vazão eletromagnético para as estações de bombeamento; de rolo compactador vibratório pé de carneiro; e de hidrômetros. O custo estimado dessas aquisições é de aproximadamente R$ 540 mil. “Com isso, ao todo, desde 2011, o investimento da Codevasf na compra de equipamentos para Mirorós chegará a quase R$ 17 milhões”, calculou Harley Nascimento.