file-2017-02-08175959.335653-Banner-CR-topo-notcia_22b9a9f62-ee39-11e6-aece-047d7b108db3.jpg

Economia

Missão em centro de tecnologia para o semiárido visa novas culturas para Presidente Dutra

13 de Julho de 2018

file-2018-07-13131049.104759-caqui4ea00d18-86b7-11e8-8738-f23c917a2cda.jpg

O saboroso Caqui ganhará centro de experimento em Presidente Dutra - Foto: Ilustração

Uma caravana liderada pelo prefeito Silvio Mário (Silvão) de Presidente Dutra, constituída por agentes das secretarias de administração, agricultura e de meio ambiente do município, além de assessores, fez, nesta terça-feira, 10, visita técnica na região de Juazeiro/Petrolina, em campos de experimentos e de produção, acompanhados por pesquisadores da Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

“Estamos começando a investir em estudos que promovam a diversificação da cultura agrícola de Presidente Dutra, de modo a estabelecer maior autonomia ao nosso desenvolvimento social e econômico, uma vez que há muitos anos temos uma grande dependência da produção da pinha, a qual foi, é e será sempre uma cultura de grande importância, mas precisamos de novas alternativas”, disse o prefeito.
Durante a viagem, a comitiva visitou o centro de tecnologias de convivência com o semiárido da Embrapa e especialmente os campos de produção de uvas, caqui e pêra. “Conhecemos 37 variedades de pêra, resultado fantástico dos pesquisadores”, observou o secretário de agricultura Adelmar Moitinho.
Silvão destacou que o resultado desta visita foi a decisão em criar e instalar no município unidades de experimentos para a produção de uva, que já foi testada e aprovada na região, mas faltou apoio, e as novidades do caqui e da pêra. Estes experimentos serão as bases de testes para saber as viabilidades da nossa região, que tem as mesmas características climáticas de Juazeiro e Petrolina, nossos solos são melhores, mas temos problema com água. Assim, nossa expectativa é de que possamos produzir com qualidade, frutos saborosos, com baixo investimento de recursos hídricos. Esta é a nossa expectativa”, aponta o prefeito.

Os testes serão desenvolvidos pela equipe gestora do município, com apoio técnico da Embrapa, através do pesquisador Paulo Roberto, um dos responsáveis pelas unidades de pesquisa e acompanhamento técnico das propriedades onde já são produzidos uva, caqui e pêra em Juazeiro.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Fabrício Carvalho, a ideia é oferecer aos produtores de Presidente Dutra, alternativas que promovam a diversificação, segurança econômica e baixa pressão sobre os recursos naturais, especialmente os solos e águas”.

Engenheiro Agrônomo e assessor do município, o ex-gerente da EBDA (atual BAHIATER) na região de Irecê, João Gonçalves Machado achou bastante positiva a iniciativa. “A Embrapa tem várias tecnologias apropriadas para o semiárido, onde nossa região está inserida. Temos de nos empoderar destas tecnologias e ampliar o uso das nossas capacidades produtivas. Vejo com bons olhos a instalação destas unidades de experimentos em nosso município. Vamos trabalhar duro e esperamos que os resultados sejam os melhores para nossos agricultores”, disse.

Até o final do ano o pesquisador da Embrapa, Paulo Roberto, que também é produtor das citadas culturas em Juazeiro, visitará o município para iniciar a implantação das unidades de experimentos.