BRASIL

REDE pede impedimento do Ministro de Meio Ambiente, Ricardo Salles

Cultura&Realidade - 24 de Agosto de 2019

file-2019-08-24094138.184746-M83d2c354-c66c-11e9-b653-f23c917a2cda.jpg

Ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva - Foto: Ilustração

O partido da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, a Rede Sustentabilidade, pediu o impeachment do ministro ao STF nesta quinta-feira. Em entrevista, Marina afirmou que o atual titular da pasta, Ricardo Salles, é um 'antiambientalista'. 

Marina disse que o pedido de impeachment de Ricardo Salles feito pela Rede vem do desmanche da política ambiental do governo Bolsonaro, do enfraquecimento das instituições que cuidam do meio ambiente e das consequências 'irreparáveis' do desmatamento e queimadas na Amazônia. Segundo Marina, Salles é um 'antiambientalista' e é um 'crime' tê-lo como ministro. Para Marina Silva, é crime de responsabilidade desmoralizar o Inpe, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Ainda de acordo com a ex-ministra do Meio Ambiente, o presidente Jair Bolsonaro desrespeita a Constituição e extrapola os princípios da gestão pública eficiente e competente. Ela disse que vai pedir ao Congresso para suspender todos os projetos ambientais que circulam na Casa. 

Marina afirmou que tem um acordo com outros ex-ministros da pasta e busca o apoio de entidades como a OAB e a CNBB, a Conferência Nacional dos Bispos, para apresentar o pedido. A proposta é criar uma comissão especial que tenha a participação de gestores públicos, cientistas, ambientalistas e representantes das populações locais. Para a política, a proposta de uma comissão sugerida por Rodrigo Maia, apenas com a participação de parlamentares, não é suficiente para revolver o problema.

Da redação, com conteúdo da rádio CNB