Bahia

SDE aponta que Bahia gera mais de 30% da energia eólica e solar do país em 2019

Cultura&Realidade - 04 de Fevereiro de 2020 (atualizado 04/Fev/2020 10h46)

file-2020-02-04104213.285479-Sem_titulo-126417eb0-4754-11ea-b070-f23c917a2cda.jpg

A Bahia tem 165 parques eólicos em operação, com capacidade instalada de 4GW e mais de 1.340 aerogeradores. - Foto: Ilustração

 

O Balanço é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia, onde destaca que a fonte eólica no estado cresceu mais de 50% e a fotovoltaica mais de 70%.

A geração de energia por fonte eólica e solar fotovoltaica na Bahia, em 2019, cresceu em relação a 2018. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE), a fonte eólica no estado aumentou mais de 50% e a fotovoltaica mais de 70% em relação a 2018.
Além disso, a Bahia liderou nacionalmente, com mais de 30%, a geração de energia por fonte eólica (31,8%) e solar fotovoltaica (33,7%) em 2019.


De acordo com a SDE, os parques que estão em operação já investiram mais de R$ 20 bilhões e criaram mais de 32,2 mil empregos. Os dados constam do Informe Executivo de Energias Renováveis de dezembro e foram divulgados no mês de janeiro, pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE).

 

Resultado de imagem para SDE aponta que Bahia gera mais de 30% da energia eólica e solar do país em 2019

Placas de energia solar na Bahia — Foto: Divulgação/SDE

Conforme a pasta, de janeiro a novembro de 2019, foram gerados 15.152 Gigawatts (GW) hora/ano, energia capaz de abastecer 126 milhões de residências/ano, alcançando 378 milhões de habitantes/ano, o equivalente a 27 vezes a população baiana, que atualmente corresponde a 14,8 milhões de habitantes, segundo estimativa do IBGE do ano passado.

A Bahia tem 165 parques eólicos em operação, com capacidade instalada de 4GW e mais de 1.340 aerogeradores.
Os parques implantados já beneficiaram 20 municípios, entre eles Bonito, Brotas de Macaúbas, Brumado, Caetité, Cafarnaum e Campo Formoso.

Além disso, 43 parques estão em construção e 40 parques com construções previstas. Conforme informou a SDE, até 2025, a previsão é que a Bahia alcance 6,3 GW de potência instalada.

Da Redação, com informações do G1