AMBIENTE

Temperatura média do planeta pode subir 3,4°C até 2100

Cultura&Realidade - 23 de Setembro de 2019

file-2019-09-23143906.497054-Altas_temperaturas0aa2de36-de29-11e9-a91d-f23c917a2cda.jpg

O documento afirma que as emissões de gases de efeito estufa continuam a subir porque combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo ainda são as principais fontes de energia da humanidade. - Foto: Iustração

 

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que a média da temperatura do planeta poderá aumentar em até 3,4 °C até o final deste século.
O documento, que reúne estudos científicos da Organização Meteorológica Mundial e outros órgãos especializados, foi publicado nesse domingo (22), um dia antes do início da Cúpula sobre a Ação Climática em Nova York.


Segundo o documento, que defende a adoção de medidas para combater o aquecimento global, a média da temperatura do planeta de 2015 para 2019 será 0,2 °C acima do período anterior de cinco anos. Além disso, ela é 1,1 °C mais quente que os níveis pré-industriais de 1850 a 1900.
O relatório ainda aponta que o aumento dos níveis dos mares tem acelerado, e indica que a acidez dos oceanos aumentou 26% desde o início do período industrial por causa da absorção do CO2 liberado na atmosfera pelo uso de combustíveis fósseis.
O documento afirma que as emissões de gases de efeito estufa continuam a subir porque combustíveis fósseis como o carvão e o petróleo ainda são as principais fontes de energia da humanidade.


Por fim, o relatório alerta que a temperatura média global poderá aumentar 3,4 °C até 2100 mesmo se governos conseguirem cortar suas emissões como prometido. Segundo o documento, países precisam se esforçar ainda mais para limitar o aumento em 1,5 °C acima dos níveis pré-industriais.
O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu que líderes mundiais levem os fatos a sério e urgentemente façam algo a respeito.

Da Redação, com informações da Agência Brasil