POLÍTICA

TSE mantém condenação de Luizinho, Jota Sidney e Hisadora Lélis, por crime eleitoral

Cultura&Realidade - 26 de Setembro de 2019 (atualizado 26/Set/2019 12h12)

file-2019-09-26120224.804448-Lua607c340-e06e-11e9-b653-f23c917a2cda.jpg

Com Luizinho, também estão inelegíveis, por conta dos mesmos crimes, a ex-vice-prefeita Hisadora Lélis e o radialista José Sidinei de Souza, o Jota Sidney. - Foto: Ilustração

O Tribunal Superior Eleitoral, por unanimidade, decidiu manter decisão do TRE - Tribunal Regional Eleitoral baiano, que condenou o ex-prefeito Luizinho Sobral, por 7x0 (sete votos zero), por crime eleitoral praticado nas eleições de 2012.
Com Luizinho, também estão inelegíveis, por conta dos mesmos crimes, a ex-vice-prefeita Hisadora Lélis e o radialista José Sidinei de Souza, o Jota Sidney.
Os ministros do TSE acompanharam o voto do relator Luiz Barroso.

A única esperança que resta para Sobral, é um projeto de lei que está sendo criada, mas até lá, depende que o presidente bolsonaro sancione

Mais detalhes, ainda na tarde desta quinta-feira.

Da redação.