Educação

Uneb de Irecê vai disponibilizar o curso de Agroecologia, uma conquista dos movimentos sociais

Cultura&Realidade - 05 de Setembro de 2019

file-2019-09-05153844.555551-aGRO63e3c1a2-d00c-11e9-b653-f23c917a2cda.jpg

A Agroecologia, ou Agricultura Ecológica, é uma forma de agricultura que preserva o meio ambiente, respeita a terra e o pequeno produtor rural e se preocupa em levar alimentos mais saudáveis para a mesa do consumidor. Foto: Ilustração

Na última terça, 03, o Conselho Universitário da UNEB aprovou por unanimidade a criação do curso de Agroecologia para funcionar no DCHT Campus XVI em Irecê, após várias é incansáveis lutas da comunidade em ação conjunta com o Departamento de Irecê, que sensível à demanda da sociedade, se empenhou na ação.

“Hoje tivemos uma boa conquista para o Território de Irecê, mas ainda precisamos fortalecer a luta pela permanência do curso de Administração e pela implantação do Curso de Direito, grandes anseios de toda a comunidade," disse o diretor do DCHT Campus XVI professor Cláudio Meira.

O que é Agroecologia?

A Agroecologia, ou Agricultura Ecológica, é uma forma de agricultura que preserva o meio ambiente, respeita a terra e o pequeno produtor rural e se preocupa em levar alimentos mais saudáveis para a mesa do consumidor.

A agroecologia estuda como podemos nos integrar com o ecossistema já existente, ou criar ecossistemas análogos.  É a mudança do homem dominador da paisagem para o homem participante na teia de vida complexa que ocupa um espaço.

Ela preserva o meio ambiente porque não utiliza agrotóxicos, insumos e produtos que matam os organismos vivos do solo e contaminam a água, prejudicando também seres vivos que compõem este ecossistema. Pelo contrário, aprende com a própria natureza seus segredos de como sobreviver mesmo em condições cada vez menos favoráveis.

A agroecologia está ligada a uma filosofia de respeito não apenas com o meio ambiente, mas também entre os seres humanos. Por isso, quem pratica sistemas agroecológicos tem como premissa pensar no coletivo e não apenas no individual; prioriza a atividade familiar e não a agricultura ostensiva.

Da redação, com Informações do Blog Uneb XVI/Irecê